Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico da Brigada Felipe Camarão

Acessos: 3812

A Origem da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada remonta ao período da 2ª Guerra Mundial. Naquela ocasião, com a finalidade de defender o "saliente nordestino" e apoiar a Força Aérea dos Estados Unidos da América baseada em Natal, foi criada, em 25 de agosto de 1941, a 2ª Brigada de Infantaria.

Modificações estruturais no Exército, determinadas pela necessidade de modernizá-lo e adaptá-lo às novas conjunturas nacional e internacional, fizeram com que a 2ª Brigada de Infantaria, ao longo do tempo, alterasse a sua denominação e estrutura organizacional.

A 17 de setembro de 1942, transformou-se em Infantaria Divisionária da 14ª Divisão de Infantaria; em 06 de janeiro de 1944, recebeu a denominação de Destacamento de Natal; a 1ª de junho de 1946, passou a ser denominada Destacamento Misto de Natal e, logo a seguir, em 12 de junho do mesmo ano, recebeu a denominação de subcomando da 7ª Divisão de Infantaria.

A 27 de outubro de 1952, por mudança de subordinação de comando, passou a denominar-se Comando de Infantaria Divisória da 7ª Divisão de Infantaria; e, finalmente, a 7 de novembro de 1973, recebeu a denominação atual de 7ª Brigada de Infantaria Motorizada.

A denominação histórica de "Brigada Felipe Camarão" foi conferida à Brigada em 16 de julho de 1987, como homenagem ao "Índio Poty" - Antônio Felipe Camarão. Nascido no atual bairro de Igapó, na zona norte de Natal - RN, Felipe Camarão colaborou de forma eficaz e decisiva, com sua tribo de potiguares, nas lutas contra o invasor holandês, notadamente na primeira Batalha dos Guararapes, ocorrida em Pernambuco, em 19 de abril de 1648. Tão significatica foi a batalha que o dia 19 de abril é considerado o Dia do Exécito Brasileiro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página